Colaborações Internacionais

Se estiver interessado em formação a nível de estágio ou de investigação no CIMA, por favor contacte o Gabinete de Apoio Técnico.
O CIMA encoraja a colaboraão de investigadores graduados no âmbito de programas nacionais e da União Europeia, incluindo as Ações Marie Curie
Especificamente, o Centro tem interesse em apoiar candidaturas nas seguintes áreas:

 

1.Oceanografia operacional (observação e modelação)
O CIMA acolhe investigadores altamente motivados e interessados num programa de investigação em Modelação e Observação Operacional dos sistemas costeiros, com ênfase nos processos físicos e biogeoquímicos que ocorrem na costa do Algarve.
Pessoa de contacto: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
2.Energias renováveis marinhas
A investigação nesta área foca-se sobretudo na análise da interação entre o ambiente e os dispositivos de extração, ou seja de que forma o ambiente condiciona a eficiência da extração energética e quanta energia pode ser extraída dos ecossistemas minimizando os impactes ambientais potenciais. A investigação é suportada por modelação numérica validada com dados de extração de protótipos em ambiente real.
Pessoa de contacto: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
3.Deteção remota da cor do oceano
A deteção remota da cor do oceano é uma componente central das atividades científicas do CIMA. O plano de trabalhos nesta área foca-se no desenvolvimento e uso operacional de algoritmos regionais para melhorar a qualidade dos produtos de satélite nas águas costeiras de Portugal.
Pessoa de contacto: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. (web)
Projetos em curso: OC Portugal
4.Recursos não vivos do mar profundo
O CIMA encontra-se na linha da frente da investigação internacional sobre o impacte ambiental da exploração dos recursos não vivos do mar profundo, tal como a mineração do mar profundo. O CIMA está interessado no desenvolvimento e validação de novas metodologias e protocolos para a avaliação de risco ecotoxicológico no mar profundo.
Pessoa de contacto: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Projetos em curso: MIDAS
5.Poluição e lixo marinhos
O CIMA possui mais de 25 anos de experiência em contaminação e ecotoxicologia marinha. O foco atual é o desenvolvimento de ferramentas estratégicas para avaliar a assimilação, distribuição nos tecidos e efeitos de micro- e nanoplásticos em espécies marinhas.
Pessoa de contacto: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Projetos em curso: EPHEMARE
6. Dinâmica estuarina
Durante a última década, o CIMA tem desenvolvido extensa investigação relacionada com a circulação da água, transporte sedimentar e processos ecológicos em estuários, baseada em observações in situ e modelação. O CIMA apoia candidaturas dedicadas ao estudo dos processos hidrologicos e ecológicos em sistemas estuarinos.
Pessoa de contacto: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Projetos em curso: Hydrodynamics of floods in narrow estuaries; SIMPATICO
7. Alterações climáticas (olhando para o futuro através do passado e do presente)

A investigação do CIMA em alterações climáticas tem-se focado em decifrar e reconstruir a adaptação costeira durante os últimos 20 mil anos e enquadrar essas alterações na variabilidade climática do Atlântico Norte. Os principais objetivos são: (i) identificar os sinais atuais das alterações climáticas em sistemas costeiros; (ii) compreender a distribuição temporal e espacial dos maiores períodos de tempestades, com especial atenção para o período do Holocénico.

8. Biocombustíveis numa abordagem de biorrefinaria
O CIMA está focado na produção de biocombustíveis de 2ª e 3ª geração, usando resíduos agroindustriais ricos em carbono (p.ex., polpa de alfarroba e soro de queijo), para produzir biodiesel, bioetanol e biogás, usando microorganismos marinhos (microalgas e leveduras) no processo. O principal objetivo é desenvolver um bioprocesso sustentável para biocombustíveis avançados, bioquímicos e outros materiais de elevado valor acrescentado, usando o conceito de biorrefinaria integrada para utilização total dos recursos materiais e energéticos.
Pessoa de contacto: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
9.Dinâmica das ilhas barreira
O CIMA e a Universidade do Algarve têm uma localização geográfica única relativamente à Ria Formosa, um dos poucos sistemas de ilhas-barreira na Europa. A investigação em curso cobre uma variada lista de tópicos, nomeadamente: (i) resiliência das ilhas-barreira;
(ii) erosão costeira e impacto das tempestades; (iii) dinâmica das barras de maré; (iv) evolução de lagunas costeiras; (v) modelação da evolução das ilhas-barreira.
Pessoa de contacto: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Projetos em curso: EVREST