O CIMA participa na reunião do projeto EPHEMARE

O CIMA participa na reunião do projeto EPHEMARE - “Efeitos ecotoxicológicos de microplásticos em ecossistemas marinhos” que se reuniu na Universidade de Antuérpia na Bélgica de 19 a 21 de Fevereiro para discutir os resultados do projeto. O projeto EPHEMARE é um consórcio multidisciplinar composto por 14 instituições de 10 países Europeus e um dos quatro projetos aprovados pelo programa Europeu JPI Oceans sobre os efeitos ecológicos dos microplásticos.  Tem como objetivo investigar a acumulação, distribuição e efeito de microplásticos em organismos marinhos avaliando o papel dos microplásticos como vetor de poluentes persistentes. Fornecer aos decisores as bases científicas para o desenvolvimento e aplicação de regulamentação sobre os compostos químicos usados na produção do plástico bem como dar a conhecer os riscos destes plásticos menos visíveis para os ecossistemas marinhos e eventualmente para a saúde humana. O CIMA através da equipa da Professora Maria João Bebianno tem estudado os efeitos tóxicos agudos e o efeito crónico de microplásticos com diferentes contaminantes adsorvidos em moluscos bivalves. As conclusões até agora obtidas baseadas no desenvolvimento de protocolos validados para extração e caracterização de microplásticos nos organismos marinhos e de dados de extensas campanhas de amostragem indiciam que os microplásticos estão em todo o oceano. Além disso, os aditivos do plástico e os contaminantes a eles adsorvidos parecem ser potencialmente mais tóxicos que os microplásticos.